Marcelo Gaúcho preocupado com prédio depredado do Município

Desde 2017, o vereador Marcelo Gaúcho (PTB) vem realizando pedidos de informações ao Poder Executivo a respeito do prédio do Centro de Geração e Renda, que está completamente abandonado e em desuso.

Marcelo esta semana retornou ao prédio e presenciou com uma situação ainda pior desde 2017. Prédio totalmente sucateado, depredado, pichado, ocupado por vândalos onde deveria funcionar o Centro de Geração de Renda, na Rua Eridisson Massulo Menezes, no Bairro Jardim Pindorama, nos fundos do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Calçados e Vestimentas do município.

Nesta segunda-feira (29), na 39ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores, Marcelo Gaúcho encaminhou uma indicação nº 089/2018 ao Poder Executivo Municipal, que seja utilizado aquele espaço como base da SAMU, CAPS que hoje pagam aluguel do prédio, ou mesmo que façam uma parceria entre a iniciativa privada e o município, já que a sua indicação de 2017, para ser utilizado por uma escola infantil não foi aceito.  

O Centro de Geração de Renda foi inaugurado em 30 de agosto de 2012 pelo Prefeito Daiçon Maciel da Silva, em seu mandato anterior. Funcionava juntamente com o Centro de Convivência e Terceira Idade com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e da Prefeitura Municipal.

Segundo dados do site do Ministério na época, foram repassados para a obra R$ 75 mil, mais contrapartida do município, somando aproximadamente R$ 150 mil. Com a verba foram adquiridos equipamentos, como uma cozinha industrial, máquinas de costura e câmera fria. Com a estrutura montada, famílias inscritas no cadastro no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da região, participaram de cursos de cozinheiro e padeiro.