Após serem informados de que havia falta de medicamentos e de funcionários no Posto de Saúde do Bairro Menino Deus, os vereadores Rodrigo Massulo, Marcelo Gaúcho e Samuel Souza, visitaram as dependências do local, na tarde desta sexta-feira, 22 de setembro. A denúncia foi confirmada por alguns servidores que listaram inúmeras carências que impedem o bom funcionamento do serviço.

Sem dentista e recepcionista, que estão de férias, o Posto de Saúde Menino Deus funciona com um nível menor do que o básico. Não existe atendente na farmácia, que está praticamente vazia, não disponibilizando sequer de paracetamol, um medicamento básico para qualquer pessoa. Cerca de 3 funcionários da unidade tiraram férias ao mesmo tempo e a Secretaria de Saúde do município não designou nenhum substituto para estes servidores. Algumas agentes de saúde estão se dividindo entre o cargo de visitadoras e a recepção do posto.

Há menos de um mês, quando fez uso da tribuna Livre na câmara de Vereadores, o farmacêutico responsável pelos medicamentos no município, Denis Rocha, disse que até 31 de agosto a situação dos remédios estaria regularizada, fato que não ocorreu visto que o mês de setembro já se aproxima do fim.

Os vereadores pedem com urgência que a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, tome providências para melhorar o atendimento aos moradores do Bairro Menino Deus e de todas as unidades de saúde de Santo Antônio da Patrulha.

 

Moradores das localidades de Morro Agudo e Cancela Preta, reuniram-se com o Prefeito Daiçon Maciel na tarde do dia 14 de setembro, quinta-feira, em seu Gabinete, para tratar de problemas nas estradas e saneamento daquela região. A reunião foi marcada e acompanhada pelo vereador Marcelo Gaúcho, a quem os moradores dirigiram-se primeiramente.

A principal reivindicação dos moradores foi o alargamento da estrada da Cancela Preta, vindo a obedecer a Lei nº 1431/1977 que fixa a largura das estradas municipais de Santo Antônio da Patrulha em 20 metros de largura, no mínimo. Os moradores afirmam que aquela estrada tem um fluxo alto de carros, tendo também nove linhas de ônibus diárias, o que impossibilita o fluxo da via em ambos os lados e dificulta manobras de veículos grandes.

Gaúcho já havia protocolado anteriormente algumas solicitações a respeito de algumas localidades do interior. O Pedido de Providência nº 443/2017, reitera o pedido nº 400/2017 (de 24 de julho) no qual requer que, através do Departamento Municipal de Iluminação Pública, seja promovida a revisão geral de reparos nas luminárias localizadas no 2º e 3º Distritos. Além da substituição das lâmpadas queimadas nos postes daquelas localidades. Outro pedido, o de nº 398/2017, pede ensaibramento e patrolamento da estrada do Beco do Popola, na localidade de Morro Agudo, que vem causando transtorno aos moradores locais. Um terceiro pedido (nº 142/2017) pede o patrolamento, ensaibramento e patrolamento nas estradas do Morro da Mangueira, Beco dos Nazários e Beco dos Marias, situadas na Costa da Miraguaia e Morro Agudo.

O Prefeito anotou todas as solicitações e se prontificou em agendar uma reunião com os moradores da Cancela Preta para conversar com a comunidade e agilizar o alargamento da estrada, visto que algumas propriedades precisam ser notificadas para recuar suas cercas e promover a melhoria na via.

O Gabinete Móvel do Vereador Rodrigo Massulo fará sua parada na Cohab no sábado, dia 23 de setembro, das 10h às 12h, em frente à sede da Associação de Moradores do bairro.

Todos os meses o gabinete móvel do parlamentar visita uma comunidade ou bairro diferente, com prévio agendamento e ampla divulgação dentro da localidade e na imprensa.

Como de costume, o vereador estará atendendo a comunidade em um espaço apropriado, com um bom chimarrão e muita receptividade.

Em caso de chuva, o evento ocorre no sábado seguinte, no mesmo local e horário.

O Vereador Rodrigo Massulo (PP) aprovou requerimento para criar na Câmara de Santo Antônio da Patrulha uma Comissão Especial de Revisão e Revogação de Leis Municipais.

O jovem disse em sua campanha eleitoral que não queria o título de campeão de projetos de lei aprovados. “Esse é o problema do Brasil: muita lei, pouca eficiência e quase nada de fiscalização. Se excesso de leis significasse desenvolvimento, seríamos o País mais desenvolvido do mundo”, comparou o parlamentar na tribuna, na segunda-feira, dia 18, data da aprovação de seu requerimento, também assinado pelo Vereador André Selistre (PSB).

A comissão, segundo o edil, servirá para facilitar o acesso da população às leis existentes, além de excluir do ordenamento aquelas legislações que não servem mais ao cidadão, especialmente as que dificultam a vida de quem quer empreender.

Atualmente, o Município possui mais de 7 mil leis. “A pergunta que faço é: será que todas elas facilitam a vida de quem quer empreender e gerar renda? Eu acho que não! Então, é hora de fazer uma grande revisão legal”, finaliza Rodrigo.

Leia aqui o resumo da Ordem do Dia e do Expediente da 32ª Reunião Ordinária da Câmara, realizada no dia 11 de setembro de 2017.

Acompanhe também o áudio da Sessão clicando no ícone Câmara em áudio - No Ar