Em reunião no gabinete do Superintendente Estadual de Operações dos Correios, Romeu Ribeiro de Barros, a Câmara de Vereadores e a Administração Municipal buscaram informações oficiais sobre a situação da agência dos Correios em Santo Antônio da Patrulha.

A reunião ocorreu por solicitação do Deputado Federal Alceu Moreira e contou com a participação do Prefeito Daiçon Maciel da Silva, do Secretário Geral de Governo Ferúlio José Tedesco, do Presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo Massulo, do Deputado Federal eleito, Maurício Dziedricki e a equipe de gerenciamento da região dos Correios.

Romeu passou o comunicado oficial e explicou a decisão, vinda do governo federal, de remanejo da agência de distribuição da instituição para a cidade de Osório. De acordo com o Superintendente, o prédio onde funciona atualmente o centro de distribuição em Santo Antônio está inapropriado, tendo sofrido apontamento do Ministério Público do Trabalho.“Custaria cerca de R$ 1 milhão para reparos, verba que não temos”, disse Barros.

Preocupados com a possibilidade de encomendas não retiradas irem para Osório, Câmara e Prefeitura foram informadas de que as encomendas ficarão na agência comercial dos Correios no município. No novo projeto, disseram os gerentes, os entregadores virão motorizados para Santo Antônio, agilizando as entregas e podendo atender áreas que não são atendidas hoje. Romeu garantiu que os Correios passarão a entregar nos bairros Jardim Europa, Ecoville, São José, Santa Teresinha 3, Alto do Luar, Del Valle, Pindorama 3 e Novo Bom Princípio. Atualmente, esses locais não recebem correspondências.

O projeto do possível fechamento do centro de distribuição patrulhense ainda precisa da aprovação do governo federal e, se referendado, deve ocorrer somente no segundo semestre deste ano.

Na tarde desta segunda-feira (14), ocorreu uma reunião no gabinete do vice-prefeito de Santo Antônio, José Francisco Ferreira da Luz, com a presença dos vereadores Valtair Andrade e Samuel Souza, engenheiro, Bolívar Ourique, Zeli Moraes para discutir sobre a situação da Lagoa dos Barros e a ETE.

A Lagoa dos Barros é a única reserva hídrica estável de Santo Antônio da Patrulha, e, que, em curto espaço de tempo, a municipalidade se valerá daquele corpo hídrico para suprir a necessidade básica da população para o fornecimento de água potável.

Em momento algum o município de Santo Antônio da Patrulha foi consultado ou chamado a discutir qualquer decisão sobre a construção da ETE a margens da Lagoa dos Barros. Não ocorreu audiência pública e nem publicações de editais.

Ficou tratado entre os presentes em realizarem uma reunião com a Procuradora do Município de Santo Antônio, Dra. Digiane Stecanela, para esclarecer a situação atualizada deste processo em andamento.

Esta reunião acontecerá no próximo dia 24 de janeiro, às 13h: 30min, na Câmara de Vereadores em Santo Antônio da Patrulha.

No verão mais de 10 mil pessoas frequentam o Balneário da Lagoa dos Barros.

A Câmara Municipal de Santo Antônio da Patrulha, por seu Presidente e demais membros da Mesa Diretora, faz saber que ficam convocados todos os Senhores Vereadores para Reunião Extraordinária, a realizar-se no dia 23/01/2019 (quarta-feira), às 16 horas, na sede da Câmara Municipal, Plenário Euzébio Barth, na Avenida Borges de Medeiros, 602, Cidade Alta, para discussão e votação dos seguintes Projetos:
- Projeto de Lei nº 05/2019 que autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências. Professor área 1 – Educação Infantil;   
- Projeto de lei nº06/2019 que autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências. Professores – Anos Finais: Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Artes e Geografia ;
- Projeto de Lei nº07/2019 que autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências – Cuidador Social;
- Projeto de Lei nº08/2019 que abre Crédito Especial por Redução, no Orçamento Municipal, altera as Leis Municipais nº 7.884/2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Município para 2018 a 2021. Lei municipal nº 8.173/2018 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2019, e Lei municipal nº 8.207/2018 que dispõe sobre a lei Orçamentária Anual e suas alterações. R$ 1.660,00 – SMS

As reuniões das Comissões permanentes serão realizadas às 14:00hs no Plenarinho Luiz Tedesco.

A repercussão do fechamento parcial dos Correios em Santo Antônio da Patrulha levou a Câmara de Vereadores a se reunir com o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos (SintectRS) na tarde desta quinta-feira, com o objetivo de evitar esse fechamento, que trará prejuízos para os trabalhadores e toda a população.

A reunião ocorreu no Plenarinho com as presenças do Presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo Massulo, Sergio Nunes, representando a Administração Municipal, os vereadores João Luís Moreira da Silva, Eronita Andrade, Jair Belolli, Jorge Eloy de Oliveira, Samuel Souza, Manoel Adam, Valtair Andrade, assessores de bancadas, Diretor Regional do SINTECT-RS, Adroaldo Negreiros, Diretor da Federação Nacional e Secretário de Finanças, Evandro Leonir Silva, Diretor de Anistia, Araldo Alves.

Com a possibilidade de fechamento da unidade de distribuição local, os diretores apresentaram alguns levantamentos realizados, como o aumento de vales transportes, aumento do percurso ida e volta de 14mil km/mês, 40% a mais nas despesas de carros e manutenções. Hoje, em Santo Antônio da Patrulha, trabalham 14 carteiros que terão suas cargas horárias totalmente alteradas, sem contar a saúde dos funcionários.

“Os serviços prestados dos correios em uma cidade tem uma atividade social muito forte e presente”, disse Adroaldo Negreiros.

O representante da administração municipal, Sergio Nunes, salientou que o poder executivo se mostrou interessado em resolver o quanto antes este problema. Na próxima segunda-feira (21), ocorrerá uma reunião em Porto Alegre com a presença do Prefeito Municipal, Daiçon Maciel, Romeu Ribeiro de Barros, Superintendente Estadual de Operações do RS dos Correios e o Presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo Massulo. Os vereadores disseram que já fizeram contato com deputados federais e se manterão alertas para que a questão tenha o melhor desfecho possível.

O Gabinete da Presidência recebeu na tarde desta segunda a visita do engenheiro Bolívar Ourique, que falou ao Presidente Rodrigo e ao vereador Samuka sobre as melhorias que a Lagoa dos Barros precisa, especialmente com relação ao sangradouro e a possibilidade de construção de uma ponte no local.

Os parlamentares também falaram sobre a polêmica ETE. “Queremos uma reunião com a Administração para saber como está a situação desta Estação de Tratamento”, disse Samuka, sendo apoiado por Massulo.

A assessora da bancada do PSB Mara Serafini, representando o Vereador André Selistre, e a patrulhense Zeli Moraes também participaram do encontro.