Na última sexta-feira à noite, 12 de maio, o Plenário Euzébio Barth da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, foi palco de mais uma Audiência Pública. Desta vez o assunto foi o aumento da licença maternidade no município, de 120 para 180 dias. Uma indicação do Vereador Marcelo Gaúcho ao Prefeito Daiçon, que não compareceu ao evento.


O evento foi aberto pelo Presidente do Legislativo, André Selistre e seguiu com apresentações técnicas da nutricionista Renata Sant’Anna, da psicóloga Bianca Pereira Franco e da fonoaudióloga Ana Paula Sudbrack. Durante suas explanações, as profissionais falaram sobre a importância da amamentação exclusiva até os 6 meses do bebê e do vínculo entre mãe e filho durante os primeiros meses, que é determinante na formação de caráter do indivíduo adulto. Além disso, o que é nítido em termos de políticas públicas, é que o aleitamento materno exclusivo, ao proteger mãe e bebê física e emocionalmente, diminui os custos do governo com remédios, tratamentos, leitos hospitalares e remuneração de profissionais de saúde para tratar doenças que acometem mais frequentemente os bebês que não foram amamentados e as mães que não puderam amamentar.


Em seguida, ouviu-se a fala do Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marco Bicca, que trouxe um levantamento do custo que teria o governo com o aumento da licença maternidade por mais 60 dias. Segundo Bicca, o valor irrisório para um benefício tão grande, a curto e longo prazo, não justifica uma negativa do Prefeito para este projeto.


Também presente no evento, o Prefeito de Caraá, Nei Pereira dos Santos, disse que em seu município as servidoras já gozam deste benefício e ficam com seus bebês em casa até os 6 meses. Os vereadores João Luís Bacana, Rodrigo Massulo, Jorge Eloy de Oliveira, Dirceu Machado, Manoel Adam, Samuel Souza e Charlis Santos também fizeram uso da tribuna para se colocar favoravelmente ao aumento da licença.


Marcelo Gaúcho, proponente da indicação e da audiência pública, aguarda o posicionamento do executivo e espera que o Prefeito se sensibilize com os inúmeros benefícios que este simples ato traz para a vida de toda criança.